São Leopoldo registra o segundo melhor tempo do RS em agilidade no processo de viabilidade de empresas

A informação foi divulgada pela Junta Comercial Estadual de acordo com a Redesim Nesta sexta-feira, 3 de setembro, a Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS) apresentou o balanço do mês de agosto, apontando São Leopoldo como o segundo município mais veloz no que se refere ao processo de análise de viabilidade para abertura e legalização de empresas. A pesquisa leva em conta a agilidade, considerando a quantidade de solicitações e o tempo necessário para sua realização, pela Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), uma rede de sistemas informatizados que registram e legalizam empresas e negócios, no Estado e em cada Município.
Em São Leopoldo este serviço é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico (Sedettec), em processo de coordenação, colaboração e parceria de diferentes órgãos, entre eles a Junta Comercial.
“Essa marca reflete o trabalho do nosso governo, dentro de uma estratégia de agilização dos processos para que a ccadeia produtiva e econômica se desenvolva cada vez mais”, destacou o prefeito Ary Vanazzi, que também parabenizou o trabalho dos servidores da Sedettec. 
Para o titular da Sedettec, Juliano Maciel, a pesquisa aponta o resultado das boas práticas, da sinergia entre os servidores e empreendedores e apontam boas perspectivas para o município. “Essa medalha de prata considerando quase 500 municípios é o resultado da dedicação diária dos servidores da Sedettec. A cada dia trabalhamos muito para agilizar e modernizar os nossos processos internos. Outro salto muito importante, será o processo do alvará digital que estamos em fase final para a sua implementação, como mais uma forma de agilidade para os nossos empreendedores e nossa cidade como um todo”, afirmou Maciel.
A análise é dividida em consulta de nome empresarial e de endereço, sendo a do nome realizada pela JucisRS, que verifica se determinado nome empresarial poderá ser utilizado. Já a consulta de endereço é feita pela Prefeitura junto a Redesim, e tem como finalidade informar se determinada atividade poderá ser exercida no endereço escolhido. Ambas as consultas têm caráter especulativo, e estão sujeitas a posteriores análises técnicas. A informação foi divulgada pela JucisRS no link: https://jucisrs.rs.gov.br/ranking-top-5-viabilidade-dos-municipios-da-redesim-no-rs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: