Novo Hamburgo tem o menor índice de criminalidade dos últimos dez anos

teste

Crédito Arte/PMNH

Novo Hamburgo apresenta o menor índice de criminalidade dos últimos dez anos. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP/RS) e do Observatório da Secretaria Municipal de Segurança de Novo Hamburgo, houve queda nos principais indicadores de crimes no município. Ações integradas e serviço de inteligência e investigações são apontados como responsáveis pelos resultados.

Para o secretário de Segurança de Novo Hamburgo, Roberto Jungthon, o trabalho focado na integração entre as forças de segurança, principalmente Guarda Municipal, Brigada Militar e Polícia Civil, potencializa as ações no enfrentamento ao crime. Além disso, o aprimoramento dos serviços de inteligência e investigação para crimes violentos, roubos e furtos é fundamental para a obtenção dos resultados positivos.

Os investimentos em equipamentos para a Guarda Municipal (GM), assim como a capacitação dos agentes, são fatores preponderantes para a redução da criminalidade no município. Novo Hamburgo também conta, atualmente, com sistemas de cercamento eletrônico e de videomonitoramento. “O policiamento preventivo, realizado com o videomonitoramento e com o cercamento eletrônico são fatores que colaboram para a diminuição dos índices de criminalidade em Novo Hamburgo”, comenta o gerente de videomonitoramento da Secretaria de Segurança, Marino Rosado.

A queda nos indicadores de criminalidade

Desde o ano de 2018 não há latrocínio no município. Em 2012, foram três e em 2015, dez. O indicador para homicídio doloso teve uma redução de 71,28%, com 94 crimes cometidos em 2012 para 27 em 2021.

Os furtos apresentam queda de 37,45%, com 3.907 em 2012 para 2.444 em 2021. Os crimes de abigeato, que são furtos envolvendo animais do campo, principalmente gado, caíram 82,05%. São sete casos em 2021 para 39 em 2012, com brusca redução a partir de 2017, conforme o gráfico abaixo. Os furtos de veículos reduziram em 64,34%, com 1001 ocorrências em 2012 para 357 em 2021.

Os roubos também tiveram redução significativa nos indicadores: são 953 em 2021; em 2012 foram 2.085. a Redução é de 54,29%. Os roubos de veículos apresentam queda de 561 ocorrências em 2012 para 232 em 2021 (menos 58,65%).

As ocorrências de posse de entorpecentes reduziram em 17,04%, com 405 casos em 2012 para 336 em 2021. Outro número importante refere-se ao tráfico de entorpecentes, com elevação de 106,91%. Foram 188 ocorrências em 2012 para 389 em 2021. Nesse caso, o indicador diz respeito à produtividade das ações de segurança, ou seja, contabilizam-se apreensões.


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: