MBL dará pão com mortadela durante convocação para ato

deia surgiu após críticas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro

Deputado Kim Kataguiri é um dos líderes do MBL Foto: Reprodução

O Movimento Brasil Livre (MBL) realizará neste sábado (21) um novo evento de convocação para promover o protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) marcado para o dia 12 de setembro. Durante o chamado “adesivaço”, o grupo irá distribuir pão com mortadela como estratégia de divulgação.

A ideia surgiu após o movimento oferecer cerveja durante a convocação deste sábado (12), com dose extra para aqueles que levaram comprovante de vacinação contra a Covid-19. Apoiadores do presidente criticaram a ideia, e compararam o uso da cerveja com “o novo pão com mortadela”.

Assim, o movimento decidiu que o próximo “adesivaço” contará com …………

A manifestação do dia 12 contará com o apoio dos movimentos “Vem Pra Rua” e “Livres”, além do Partido Novo. O protesto ocorrerá cinco dias após o ato em favor do chefe do Executivo.

O MBL surgiu durante os protestos de 2013, e ganhou força nas manifestações pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: