José Edimar de Souza será Patrono da 37ª Feira do Livro de Campo Bom

Professor e escritor campo-bonense recebeu o convite nesta sexta-feira, Dia do Professor

No Dia do Professor, 15 de outubro, Campo Bom elegeu um professor para ser Patrono da sua 37ª Feira do Livro. O convite foi entregue pela secretária Municipal de Educação e Cultura, Simone Schneider, ao professor José Edimar de Souza. O ato ocorreu durante o lançamento da obra “Pode ser… Alegria”, na Biblioteca Municipal, na presença de familiares e profissionais da área de educação. O professor, que também é escritor, historiador e doutor em Educação, não conteve a emoção. “Espero honrar nossa cidade e este grande evento que é a Feira do Livro com meu trabalho”. A feira acontecerá entre os dias 24 e 28 de novembro, no Complexo Cultural CEI.

José Edimar de Souza foi escolhido através de uma seleção de nomes indicados pelas escolas municipais, que posteriormente foi valida pela comissão do evento e pela Secretaria de Educação e Cultura.  Parceiro de longa data das escolas do município, por conta de sua formação em História e ligação com o movimento tradicionalista gaúcho na cidade, além da obra “O pastor Klingelhöeffer e a Revolução Farroupilha”, o campo-bonense está sempre a postos para compartilhar seus conhecimentos e colaborar com debates que estudam a evolução da sociedade sob o ponto de vista educacional.

“O professor José Edimar de Souza tem uma bela história de vida ligada à educação e a cultura e a escolha de seu nome é uma valorização dos educadores de Campo Bom”, observa o prefeito Luciano Orsi.

Conheça o PatronoJosé Edimar de Souza é natural de Campo Bom, morador do bairro 25 de Julho, casado com a Cristina e pai do Arthur e da Amália. Ele é professor e desde pequeno sempre gostou de livros e de frequentar bibliotecas. É graduado em História, Geografia e Pedagogia e está cursando Biblioteconomia. Completou mestrado e doutorado em Educação. Trabalha como professor e pesquisador na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e na Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha. Autor, entre outras obras, de: “O ensino em Novo Hamburgo/RS nas memórias dos professores”, “A história do Pastor Farrapo”, “Campo Bom: um lugar para ser feliz” e “Educar, perspectivas e construções”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: