Guarda Municipal apreende veículos com fakenews contra vacinação de crianças

Apreensão ocorre após denúncia da população; Prefeitura vai apresentar notícia-crime sobre o caso ao Ministério Público

Uno foi apreendido no bairro Guarani Crédito Divulgação

Após receber denúncias da população pelas redes sociais da Prefeitura de Novo Hamburgo, de que carros de som estavam percorrendo bairros da cidade espalhando fakenews sobre a vacinação de crianças, a Guarda Municipal de Novo Hamburgo apreendeu os veículos e os conduziu até a Delegacia de Polícia, onde foi feita ocorrência e os veículos encaminhados para depósito do Detran. Os condutores foram responsabilizados por Infração de Medida Sanitária Preventiva, com base no artigo 268 do Código Penal.

As mensagens colocam em dúvida a vacinação e apontam perigo na imunização de crianças. A Prefeitura está apresentando uma notícia-crime sobre o caso para o Ministério Público. Foram apreendidos dois veículos, uma Fiorino no bairro Rio Branco, e um Uno no bairro Guarani. O caso ganha ainda mais relevância considerando o fato de todo o Estado ter iniciado nesta quarta-feira a vacinação com o imunizante CoronaVac, conforme autorização do Ministério da Saúde.

O prefeito em exercício de Novo Hamburgo, Márcio Lüders, destaca a adesão da população hamburguense à vacinação. Até o final da tarde desta terça-feira (25), Novo Hamburgo já havia aplicado 425.939 doses de imunizantes contra a covid. “Nesta manhã, no primeiro dia da ampliação da vacinação de crianças, agendei a imunização da minha filha Rafaela, de 11 anos. Estou comprometido com o cuidado dela e a vacinação é fundamental. Aproveito para fazer chamamento a todos para que se vacinem. Não se justifica mensagens antivacina e contra a ciência. Isso é uma atitude contra o Brasil”, enfatiza o prefeito.

Para o secretário municipal de Saúde, Naasom Luciano, já está mais que provado que a vacinação é a grande responsável pela queda no número de óbitos e internações. “Contra a ciência não há argumentos. A verdade é que, na medida que a vacinação vai avançando, observa-se queda no número de mortes e internações”, destaca. Naasom lamenta que mensagens antivacina circulem pela região, justamente no momento tão importante que é a ampliação da proteção das crianças. “As vacinas já se mostraram seguras. Quem ama protege e vacina”, destaca.

Das 425.939 doses aplicadas em Novo Hamburgo até o final da tarde desta terça-feira, 196.657 foram de primeiras doses e 172.805 de segundas doses, além de 62.266 de terceiras doses (há 5.789 doses únicas que aparecem duas vezes, na primeira e segunda dose). Em relação à população completa de Novo Hamburgo, estimada pelo IBGE em 247.303 pessoas, 79,52% receberam a primeira dose e 70% foram imunizados também com a segunda dose. Já o percentual de pessoas que receberam a terceira dose (dose de reforço) chega a 25,2%. Observa-se uma forte adesão na dose de reforço (terceira dose) da comunidade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: