Futuro na sala de aula: robótica auxilia na aprendizagem de estudantes em Novo Hamburgo

Novos equipamentos foram entregues para turmas de aceleração das escolas municipais

A robótica educacional promove o desenvolvimento do pensamento computacional e crítico, o design mental a partir da resolução de problemas, assim como noções de eletrônica, mecânica e programação. Incorporado na rotina das 52 Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs), o trabalho com robôs será desenvolvido em mais uma modalidade em Novo Hamburgo. Além dos kits que já estão disponíveis para professores e estudantes, a partir de agora um novo modelo também estará presente em escolas da cidade. A Secretaria de Educação (SMED) adquiriu 60 exemplares do kit Aventura Steam que foram entregues para as quatro escolas municipais que contam com turmas do programa de aceleração da aprendizagem. A secretária de Educação, Maristela Guasselli, acompanhou a entrega dos equipamentos na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Francisco Xavier Kunst, no bairro Canudos, e conversou com estudantes e professores. “Este é mais um recurso que está à disposição para a aprendizagem de todos vocês. O objetivo é que explorem este material, vivenciem novas experiências e trabalhem de forma coletiva para criar soluções e projetos significativos para a comunidade escolar”, destacou Maristela.

Automação e criatividade

Cada conjunto deste novo modelo é composto por sensores, motores, placa para gravação da programação e gerenciamento da automação, rodas, fonte de energia, componentes para compreensão dos princípios elétricos e ferramentas para a montagem. Com os componentes deste kit, podem ser desenvolvidos diferentes protótipos, como por exemplo carrinho guiado por celular via bluetooth, hortas com irrigação automatizada, simulação de sinaleiras, robôs seguidores, luminárias inteligentes entre tantas outras criações que surgirão a partir da pesquisa e da prática em sala de aula. Além dos equipamentos, também foram adquiridos livros com ideias, exemplos e orientações para professores e estudantes.

Os educadores que trabalharão com estes recursos também participam de ciclo de formação desenvolvido pela equipe do Centro de Experimentação, Pesquisa e Inovação Científica (CEPIC) da SMED. Diferente dos outros kits de robótica já disponíveis das escolas, o Aventura Steam tem proposta inovadora, já que será utilizado de forma simultânea por todos os estudantes da turma. “A proposta da SMED é a utilização da robótica como meio para desenvolvimento do pensamento computacional a partir da pesquisa. Cada escola organiza a utilização do material de acordo com as suas demandas e disponibilidade”, explica a coordenadora CEPIC, Janaína de Matos.

Crédito: Bruna Provenzano/PMNH

Legenda: Secretária de Educação, Maristela Guasselli, entregou o kit de robótica e conversou com estudantes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: