Eleita a corte da São Leopoldo Fest 2021

“É uma felicidade e uma honra imensa ser rainha da São Leopoldo Fest 2021”, declarou Giovana Natiele Gomes, 23 anos. Ela é a rainha da 29º edição da São Leopoldo Fest 2021, maior celebração do município. Ao lado dela, a primeira princesa, Morgana Krebs, 23 anos e a segunda princesa Cássia Azambuja, 22 anos. Coroada como Oma deste ano, Iselda Barden Rosa, de 73 anos. A eleição ocorreu ontem, 10 de julho, e teve como palco o Clube Orpheu.

O evento aconteceu de maneira atípica este ano, no formato híbrido em live transmitida pelos canais oficiais da Prefeitura de São Leopoldo e da Secretaria de Cultura e Relações Internacionais (Secult). Recebendo as 20 candidatas, acompanhadas de dois familiares de cada uma, jurados, patrocinadores e representantes da Prefeitura, a escolha da corte seguiu os protocolos de prevenção a covid-19.

As candidatas desfilaram duas vezes, a primeira em traje de passeio e a segunda em traje de gala. Durante o intervalo da live, o evento contou com o show do Baile do Tupete. Após a seleção do júri, a entrega das coroas e das faixas foi feita pela corte antecessora, a rainha Victória Luiza da Silva e princesas Nicole Pacheco de Melo e Júlia Andressa Taube do Amaral.

Em ato de abertura, representando o prefeito Ary Vanazzi, o secretário de cultura Pedro Vasconcellos agradeceu a dedicação da corte anterior e falou sobre a importância da festa para a cidade, que em 2020 não ocorreu devido a pandemia do coronavírus. “Quero saudar a corte atual que honrou a história da nossa cultura. Esta é uma São Leopoldo Fest diferente, que representa mais um marco na história da nossa festa e acreditamos que será bastante acompanhada. Estamos muito felizes e satisfeitos com a audiência e desejamos que todos participem ativamente da programação”, disse o titular da pasta.

Também presente na cerimônia, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico, Juliano Maciel, agradeceu o empenho de todos para celebrar o evento. “É um momento especial que abre os festejos dos 197 anos da imigração alemã no município e marca o bicentenário que vamos comemorar em 2024”, afirmou. O vereador Rafa Souza (PDT) também saudou a todos e falou da importância da festa. “Parabéns a todos por inovarem a festa em meio a pandemia. Esta é uma festa que tem por objetivo resgatar a nossa história e a nossa origem e ao mesmo tempo, nos provocar para pensar no momento que estamos vivendo e também em nosso futuro”, salientou Rafa.


Dez pessoas compuseram o júri: Alessandro Saboia, sócio da Saboia Odontologia; a vereadora Ana Affonso (PT), presidenta da Câmara de Vereadores; Bado Jacoby, da Start Comunicação; Ka Gil, proprietária da Komunikatu; Marcio Fagundes, do Studio M; Patrícia Rosa, representando a Sociedade Orpheu; Rodrigo Steffen, da Vale TV; Tamiris Dias, atual Mais Bela Negra de São Leopoldo; e a rainha da São Leopoldo Fest 2019, Victória Luiza.

Novas soberanas da São Leopoldo Fest 2021
“Eu estou muito feliz, é uma grande honra. Só tenho a agradecer a todos que torceram por mim, muito obrigada. Ainda estou muito nervosa, mas tenho certeza que vamos arrasar”, disse (também em libras) a rainha Giovana Natiele Gomes, 23 anos.

“Este momento é muito especial. É a terceira vez que eu tento, já havia me candidatado em 2018 e 2019 e participei da última São Leopoldo Fest vendendo cucas com a minha mãe e agora estou aqui como princesa, realizando este sonho tão esperado. Para mim receber a coroa significa representar a cidade e demonstrar o histórico cultural tão poderoso que São Leopoldo possui”, declarou emocionada a primeira princesa, Morgana Krebs, 23 anos.

“Não tem explicação, é uma felicidade imensa sem fim. Representar a coroação para mim é muito importante, porque carregar este título sempre foi o meu sonho e agora estou conseguindo realizá-lo”, contou feliz a segunda princesa, Cássia Azambuja, 22 anos.

“Estou muito feliz, porque eu adoro esta festa e vivo esta festa que é a São Leopoldo Fest. Em 2018 já fui coroada e deixei bastante recordação e agora pretendo trazer alegria e diversão novamente”, relatou contente a oma, Iselda Barden Rosa, 73 anos.

Festa Solidária rumo aos 200 anos
A programação ocorrerá dos dias 24 a 1º de agosto, em formato híbrido e tem a meta de arrecadar cerca de 20 toneladas de alimentos que serão, posteriormente, distribuídos pela Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) às famílias em situação de vulnerabilidade social do município.

As fotos também estão disponíveis, em alta, no link: https://we.tl/t-i0B6gm1hdb 

[Fotos: Thales Ferreira/PMSL – Mtb 18.891 | Texto: Daiani Aguiar – Estagiária de jornalismo. Jornalista Responsável. José Luís Zasso. Mtb 17.341 | Scom/PMSL]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: