Abordagem social solidária atende 52 pessoas na primeira noite de ação emergencial

Devido ao frio intenso, São Leopoldo está promovendo ações emergenciais para auxiliar pessoas em situação de rua e em vulnerabilidade social. De acordo com o titular da Secretaria de Desenvolvimento Social, Fábio Bernardo, foram abordadas 52 pessoas na noite de terça-feira, 27 de julho, sendo 12 indivíduos no centro e 40 nos bairros Scharlau, Santos Dumont e linha do trem – da estação Rio do Sinos até Unisinos. Além disso, 37 pessoas foram acolhidas no Crepar e oito em vagas extras. “Das 60 vagas que nós temos, 45 foram ocupadas esta noite. Muitos optaram em não ir e nós mantivemos o compromisso de deixar uma coberta quente, agasalho e uma alimentação quente. Hoje a noite voltaremos às mesmas localidades, pois será uma noite mais fria ainda”, relata o secretário.

Ainda, o secretário destaca a solidariedade de grupos comprometidos como o grupo Vo Szeckir Novo Amanhã, Mão da Comunidade, Fé, Esperança e Gratidão, Grupo de voluntários Juntos na Caridade, Grupo espírita Joanna de Angelis, Grupo de Coração, Apoio da Ammep, Estação Primeira de São Leopoldo, Heróis da Favela, Proame e a Isaura Maia

Saiba mais
A Prefeitura de São Leopoldo está executando o plano emergencial para atendimento de pessoas em situação de rua e famílias residentes das áreas de maior risco e exposição ao frio na cidade. Até a próxima segunda, 1º de agosto, será realizada readequação temporária dos serviços ofertados no Centro Especializado para a População Adulta de Rua (Crepar) e Centro Pop, ampliando as vagas de 41 para 60. O Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas) estará nas ruas das 19h às 23h neste mesmo período, buscando realizar um trabalho de convencimento às pessoas em situação de rua a acessarem o serviço institucional ofertado pelo município. Aqueles que possuem animal de estimação poderão levar o pet junto aos serviços durante este período. O plano envolve a Secretaria-Geral de Governo (SGG), Desenvolvimento Social (SDS), Segurança Pública e Defesa Comunitária (Semusp) e Saúde (Semsad).

Banco do Agasalho
As pessoas podem retirar doações de segunda a quinta-feira, das 8h30 às 14h, no Banco Municipal do Agasalho. O banco fica localizado na Sala 14 do Ginásio Municipal Celso Morbach.

Defesa Civil
É possível reportar situações de risco junto a Defesa Civil, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, nos telefones 51 2200-0633, 51 99327.5609, 51 98924.7852 ou no 153 da Guarda Civil Municipal (GCM).

[Foto: Divulgação/SDS/PMSL | Texto: Monique Marcolin – Jornalista Mtb 12.741 | Scom/PMSL]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: