Promotores de Brasília pedem a prisão de nove ministros do STF

Petição foi encaminhada à Procuradoria Geral do Ministério Público Militar

Supremo Tribunal Federal (STF) Foto: Divulgação/STF

O promotores aposentados, Wilson Koressawa e Getúlio Alves de Lima, de Brasília, encaminharam uma ação à Procuradoria Geral do Ministério Público Militar. Eles pedem “a decretação imediata da prisão em flagrante ou pelo afastamento” de nove ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os alvos da representação são os ministros Dias Toffoli, Luiz Fux, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Carmem Lúcia, Rosa Weber, Luis Roberto Barroso, Edson Fachin e Alexandre Moraes.

Apenas o ministro Kassio Nunes Marques não consta na petição.

Segundo os dois promotores, os membros do STF estão “incursos nas penas de crimes permanentes e inafiançáveis contra a ordem constitucional e o Estado Democrático de Direito”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: