Grêmio vence clássico Gre-Nal e é Tetracampeão Gaúcho

No placar agregado, Tricolor conquistou o título após vencer por 3 a 2 a equipe colorada

Tetracampeão Gaúcho! 

É assim que o Grêmio encerra este domingo, após entrar em campo e vencer o Internacional, no clássico Gre-Nal de número 432, realizado nesta tarde, na Arena. Com gol de Ferreira, o Tricolor empatou com o co-irmão em 1 a1 e manteve sua invencibilidade na Arena. Com o resultado do placar agregado, os gremistas venceram a decisão do Campeonato Gaúcho pelo placar de 3 a 2. 

A partida iniciou equilibrada, mas foram os gremistas quem primeiro ameaçaram. Léo Pereira foi acionado na direita e tentou invadir a área, mas acabou barrado pela marcação de Moisés, com 2’ jogados. Dois minutos depois, Diogo Barbosa desceu pela esquerda e cruzou, mas a defesa colorada fez o corte. 

Aos cinco minutos, após uma cobrança de escanteio, a bola sobrou para Maicon, que chutou forte, mas a bola explodiu em Moisés. A sobra ficou com Matheus Henrique, que tentou colocar na área, mas acabou mandando nas mãos do goleiro Marcelo Lomba. 

Os adversários responderam aos 11’, quando Yuri Alberto acionou Palacios, que invadiu a área e finalizou, mas Brenno saiu do gol e segurou firme. 

Já o Grêmio tramou com uma grande jogada pelo meio. Ferreira deu de letra para Diogo Barbosa, que devolveu para o atacante na esquerda. Ele cruzou, Diego Souza subiu de cabeça e desviou, mas para fora. Em seguida, após escanteio, foi a vez do centroavante escorar para Geromel, que quase abriu o marcador. A bola saiu raspando a trave direita, com 14’. 

Passados 21 minutos, o Inter teve uma chance em cobrança de escanteio. A bola foi colocada no primeiro poste, mas a zaga gremista fez o corte. Em resposta, o Tricolor avançou em contra-ataque com Ferreira, pela esquerda, mas Rodinei cometeu uma falta forte sobre o camisa 11. Ferreira cobrou, Ruan subiu com Geromel para finalizar, mas a bola ficou com os colorados. 

Os visitantes também ameaçaram, com Thiago Galhardo, que serviu Palacios, mas o atacante acabou chutando para fora, aos 28’. 

Com 38 minutos, Yuri Alberto e Rafinha se estranharam e no lance, ambos foram expulsos da partida. 

Devido a expulsão, o técnico Tiago Nunes promoveu sua primeira alteração: tirou Maicon para colocar Vanderson, aos 42’. 

Nos acréscimos, da direita, Rodinei chutou com muito perigo, cruzado e Brenno operou uma grande defesa, mandando pela linha de fundo. Em seguida, a resposta gremista saiu dos pés de Matheus Henrique, que recebeu e chutou cruzado, mandando na trave. 

Aos 51 minutos, a efetividade. Em um lance de contra-ataque, Matheus Henrique deu um passe para Diego Souza, que abiu para Ferreira na esquerda O atacante cortou a marcação e chutou no canto esquerdo da meta colorada, abrindo a contagem na Arena.  

O Grêmio voltou igual para a etapa complementar. 

O Internacional passou a pressionar mais nos primeiros instantes do segundo tempo, chegando por algumas vezes ao campo de ataque, mas a defesa gremista segurou os colorados. Já o Grêmio respondeu com Ferreira, que se lançou em contra-ataque, mas Lucas Ribeiro segurou o atacante, interceptando a jogada. 

Os gremistas tramaram uma sequência de jogadas perigosas. Primeiro, Ferreira recebeu no meio e chutou. A bola bateu na mão do defensor, mas nada foi assinalado. Na sobra, Matheus Henrique foi a linha de fundo pela direita e cruzou. Marcelo Lomba colocou para escanteio, com 14 minutos jogados. 

Aos 18’, após uma cobrança de falta, Léo Pereira foi acionado na direita e cruzou da linha de fundo. Marcelo Lomba segurou. 

Dois minutos depois, os colorados conseguiram empatar com Rodrigo Dourado. Moisés cobrou uma falta e colocou na área, para o meia desviar para o gol. 

O Inter teve mais uma chance de ataque em bola parada. Na entrada da grande área, Guerrero cobrou, a bola explodiu na barreira e voltou para o atacante, que finalizou, mandando por sobre a meta. 

O técnico Tiago Nunes promoveu suas três alterações: Bruno Cortez, Lucas Silva e Ricardinho entraram nos lugares de Diogo Barbosa, Matheus Henrique e Diego Souza. 

Passados 30 minutos, Nonato deu um passe para Palacios, que chutou com muito perigo, rasteiro. Brenno fez grande defesa. Em resposta, Pepê recebia no ataque, quando foi derrubado com falta. Vanderson cobrou, mas a defesa colorada cortou. 

Aos 36’, Ferreira abriu para Vanderson na direita, que saiu em velocidade, passou pela marcação e chutou forte. A bola explodiu na trave e por detalhe, não entrou. 

Três minutos depois, Ferreira recebeu na meia esquerda, invadiu a área e chutou, mas mandou em cima de Marcelo Lomba, que jogou para escanteio. 

Nos acréscimos, o camisa 11 foi novamente lançado no ataque, invadiu a área e mais uma vez chutou. Lomba saiu do gol para defender. Em seguida, Ricardinho recebeu um cruzamento na pequena área, mas pegou de primeira e a bola bateu na canela, saindo pela linha de fundo. 

Final de jogo: Grêmio 1 a 1 Internacional. 

Com o resultado, o Tricolor conquista o Tetracampeonato Gaúcho e mantem a sua invencibilidade de clássicos Gre-Nais na Arena. 

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: