DetranRS alerta para fake news e golpes virtuais

Diante do grande número de notícias falsas que circulam pela internet e são rapidamente disseminadas por mensagens de Whatsapp, e-mail e outros meios, o DetranRS, para alertar a população, destaca cinco fake news e golpes mais comuns envolvendo a autarquia.

1 – Links que anunciam o programa CNH Social no Rio Grande do Sul

Não há nova edição aberta e nem previsão de reabertura do programa no Estado. Caso seja reeditado, a divulgação ocorrerá de forma ampla pelos canais oficiais do DetranRS.

2 – Possibilidade de “compra” da CNH, sem passar pelo processo de habilitação

Golpistas dizem que têm acesso a sistemas do DetranRS e anunciam nas redes sociais a venda da CNH mediante o pagamento de um valor de entrada. Trata-se de estelionato, pois o “vendedor” não tem como cumprir com o que prometeu, visto que o processo de habilitação é rígido e fracionado para evitar fraudes e só pode ser realizado por meio de um Centro de Formação de Condutores (CFC) credenciado.

3 – Sites e e-mails falsos

Há sites parecidos com o do DetranRS e e-mails com o logotipo da autarquia que oferecem links para pagamento de multas, geração de boletos e outras informações. Por meio desses canais, golpistas podem roubar os dados na hora do login e ainda induzir ao pagamento de multas e taxas fictícias. O DetranRS não envia esse tipo de e-mail. A recomendação é sempre conferir se a URL do site é mesmo a do DetranRS (http://www.detran.rs.gov.br) e, na dúvida, nunca fornecer informações pessoais. A Central de Serviços da autarquia utiliza o login de segurança do portal gov.br.

4 – Notícias falsas sobre a suspensão das provas de habilitação e sobre a impossibilidade de renovar a CNH

O DetranRS reforça que os exames de habilitação seguem acontecendo, apenas com restrições de vagas em razão dos protocolos sanitários relativos à pandemia. Em relação às renovações de CNH, essas podem ser realizadas normalmente em qualquer CFC, em que pese o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tenha suspendido a obrigatoriedade da renovação de carteiras que estejam vencidas desde 1º de março do ano passado.

5 – Falsos leilões

O DetranRS não utiliza perfis/páginas de redes sociais, tampouco aplicativos de mensagens, para ofertar veículos de leilões. A autarquia também reforça que nenhum Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA) do RS se envolve em processos de leilões, oferecendo exclusivamente serviços relativos a registro de veículos. Por isso, o DetranRS orienta o cidadão a sempre conferir no site oficial o calendário e os editais de leilões e a desconfiar de sites de leiloeiros que não sejam hospedados no Brasil (sem o final “.br”).

A autarquia também orienta a nunca negociar veículos diretamente com alguém que se diz vinculado ao DetranRS e a não fazer transferências bancárias. Os leilões do DetranRS acontecem tão somente por meio do site de leiloeiros oficiais, e o pagamento do valor de arremate se dá por meio de guia de arrecadação própria (GAD-L), quitada na rede bancária conveniada. Somente o valor da comissão do leiloeiro será conforme instruções do mesmo (detalhadas sempre no item 9.4 do edital).

Caso o cidadão fique em dúvida sobre informações relativas ao DetranRS ou tenha denúncias a fazer, a autarquia orienta a acessar os canais oficiais do órgão, especialmente por meio do “Fale com o DetranRS”, no botão laranja do site www.detran.rs.gov.br.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: