São Leopoldo anuncia vacinação de professores e demais trabalhadores da educação, seguindo prioridades do Programa Nacional de Imunizações

Em uma transmissão ao vivo pela Rádio da Prefeitura de São Leopoldo, na manhã desta quinta-feira, 13 de maio, o prefeito Ary Vanazzi anunciou que os professores e demais trabalhadores da educação serão imunizados contra a covid-19, sem desrespeitar o Programa Nacional de Imunizações, elaborado pelo Ministério da Saúde. Na apresentação, com a presença do secretário municipal de Saúde, Marcel Frison, e do secretário de Educação, Ricardo Luz, Vanazzi detalhou o cronograma de vacinação para os próximos dias.

Pelo calendário definido pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsad), serão vacinados nesta sexta-feira, 14 de maio, pessoas maiores de 18 anos com comorbidades específicas ou deficiência permanente, população em situação de rua e população carcerária. No sábado, 15 de maio, professores e demais trabalhadores da educação infantil receberão a vacina.

“Temos uma preocupação muito grande com a vida da nossa população e com os profissionais da educação não é diferente, queremos garantir que sejam todos vacinados sem quebrarmos as regras do Ministério da Saúde, aqui fomos a primeira cidade a vacinar essa categoria já com as doses remanescentes e agora chegando na população de 18 anos com comorbidades vamos vacinar em escala maior esses profissionais, tanto das escolas municipais, conveniadas e rede privada, primeiro os da educação infantil e depois vamos avançando”, destacou Vanazzi.

O secretário de Saúde Marcel Frison disse estar muito feliz em anunciar a vacinação dos trabalhadores da educação, sem desrespeitar as regras do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde. “Não podemos esquecer que há uma falta de vacinas em doses suficientes no país e um equívoco estadual numa afobada liberação das aulas presenciais, então a partir dessa situação pelo cuidado e pela responsabilidade com a saúde pública, vamos vacinar os trabalhadores de educação, que é um público vulnerável. Isso vai ser possível por cumprirmos as metas dos públicos elegíveis”, afirmou o secretário.

O secretário de Educação Ricardo Luz, explicou que será exigida toda documentação de comprovação para esse público e que a vacina será muito importante para toda a educação, iniciando pela educação infantil e abrangendo todos os trabalhadores das escolas públicas, conveniadas e privadas. “Já havíamos iniciado essa vacinação com as doses remanescentes e agora vamos ampliar dentro do plano”, destacou o secretário Ricardo.

Calendário de vacinação:
Sexta- 14 de maio
Maiores de 18 anos com comorbidades específicas; população de rua; população carcerária.

Sábado – 15 de maio
2ª dose de Coronavac – para quem recebeu a 1ª dose até 01/04.
1ª dose para Professores e demais trabalhadores da educação infantil da rede pública, conveniada e privada.

Os detalhes de horário, locais e documentação serão informados ao longo do dia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: