Vitalidade destaca trabalho da Afad-21 e os desafios e conquistas das pessoas com síndrome de down

Síndrome de Down é uma alteração genética produzida pela presença de um cromossomo a mais, o par 21. Conhecida também como Trissomia 21, essa condição dos genes pode ser diagnosticada através de estudo cromossômico (cariótipo), no qual se detecta ou não a presença de um cromossomo 21 a mais.

No programa Vitalidade da semana semana, além de falar sobre as conquistas e desafios das pessoas e das famílias nas quais essa condição está presente, procuramos desmistificar assuntos relacionados à síndrome. A conversa foi com a assistente social e diretora da Associação dos Familiares do Down 21 (Afad-21), Débora Schüler, e com a tesoureira da instituição, Márcia Machado, mãe do Diego.

Com mais de 20 anos de atuação em Novo Hamburgo e região, a Afad-21 nasceu da iniciativa de um grupo de pais para trocar informações, auxiliar e apoiar familiares e pessoas com Síndrome de Down. O objetivo da Associação é lutar contra o preconceito e a discriminação, pela inclusão escolar, social e inserção no mercado de trabalho. A Afad-21 é um espaço de troca de experiências para esclarecer dúvidas e sugerir alternativas para promoção da qualidade de vida daqueles que convivem com a condição.

“Esses pais se reuniam em suas casas para trocar experiências. Eles tinham como objetivo lutar por políticas públicas, inexistentes na época. A Afad foi crescendo aos poucos: primeiro, como movimento social, e depois, para trazer para o nosso município acompanhamentos que não haviam aqui”, relatou Débora, sobre os primeiros anos da entidade, que atualmente está focada em ajudar famílias de todo o Vale do Sinos. 

“Atualmente, nós participamos do grupo Superação, que atende jovens dos 11 até os 18 anos. Há outros serviços também voltados aos bebês, que é a estimulação precoce, o atendimento da fonoaudióloga destinado a crianças de 3 a 10 anos, além da proposta Galera 21, que se concentra em adolescentes e adultos”, explicou Márcia sobre as alternativas disponíveis na Afad.

No decorrer da entrevista, as profissionais explicam como os voluntários podem ajudar a instituição, financeiramente ou com outras ações solidárias.

A Câmara de Novo Hamburgo instituiu no seu Calendário Pró-Saúde, o mês de março como de conscientização sobre a Síndrome de Down. O mês é marcado pelas cores azul e amarelo

O programa está no ar pela TV Câmara, canal 16 da Claro/Net, e pelo Youtube da emissora.

Não perca!


A mediação foi feita pela jornalista Tatiane Lopes.

VITALIDADE

No ar desde 2012, o Vitalidade é um programa de saúde, qualidade de vida, bem-estar e comportamento produzido pela TV Câmara NH, emissora da Câmara Municipal de Novo Hamburgo. Sugestões de pautas para serem abordadas pelo programa podem ser enviadas para o e-mail tv@camaranh.rs.gov.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: