Pista de skate no bairro Guarani será batizada em homenagem ao esportista Carlão

A Câmara de Novo Hamburgo aprovou por unanimidade nesta segunda-feira, 29, em votação final, o novo nome da tradicional pista de skate da Praça Pedro Alles, no bairro Guarani. O espaço prestará homenagem a Luís Carlos Ribeiro da Silva, o Carlão, conhecido como um dos principais incentivadores da modalidade no município. A proposta, apresentada pelo vereador Cristiano Coller (PTB), será agora enviada para a sanção da prefeita Fátima Daudt.

Pista de skate no bairro Guarani será batizada em homenagem ao esportista Carlão

Foto: Jaime Freitas/CMNH

Carlão não foi um profissional do skate. Na verdade, destacou-se no mundo do futebol, atuando como zagueiro em clubes gaúchos. No entanto, aos poucos a vida o aproximou das quatro rodinhas. Pai do skatista Carlos Ribeiro, Carlão passou a dedicar parte de seu tempo para o crescimento do esporte em Novo Hamburgo. “Metalúrgico autônomo, foi responsável por construir alguns obstáculos em uma época na qual ter uma pista pública era apenas um sonho. Ajudou em projetos sociais promovendo escolinhas de skate e em diversas vezes utilizou sua Kombi para transportar competidores para campeonatos que aconteciam em outras cidades do Vale do Sinos e do estado”, revela Coller

Caso o PL nº 48/2021 obtenha a sanção da prefeita Fátima Daudt, o nome oficial do espaço público passará a ser Pista de Skate Luís Carlos Ribeiro da Silva – Carlão. “Mesmo não sendo skatista, Carlão se empenhou muito para o crescimento do esporte em Novo Hamburgo. O skate hamburguense agradece”, finaliza o autor. 

Para o projeto virar lei

Para que um projeto se torne lei depois de aprovado em segunda votação, ele deve ser encaminhado à Prefeitura, onde poderá ser sancionado e promulgado (assinado) pela prefeita. Em seguida, o texto deve ser publicado, para que todos saibam do novo regramento. Se o documento não receber a sanção no prazo legal, que é de 15 dias úteis, ele volta para a Câmara, que fará a promulgação e ordenará sua publicação. Quando isso ocorre, é dito que houve sanção tácita por parte da prefeita. 

Há ainda a possibilidade de o projeto ser vetado (ou seja, rejeitado) parcial ou totalmente pela prefeita. Nesse caso, o veto é analisado pelos vereadores, que podem acatá-lo, e então o projeto não se tornará lei, ou derrubá-lo, quando também a proposta será promulgada e publicada pela Câmara.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: