Coronavírus: Testes de toda região serão enviados à Feevale pela Central de Triagem de Campo Bom

Campo Bom já opera como Central Regional de Triagem de Testes com vistas ao diagnóstico do novo coronavírus. Além de testar seus moradores, o Município centraliza e direciona para o Laboratório de Microbiologia Molecular da Universidade Feevale as amostras enviadas pelas secretarias de saúde de outros 11 municípios que integram a Associação dos Municípios do Vale do Rio do Sinos (Amvars) entidade presidida pelo prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi. A implantação da central de triagem em Campo Bom foi deliberada semana passada em reunião de gestores regionais de saúde sendo que o fato de Campo Bom oferecer espaço físico e equipe técnica para esses procedimentos foi determinante para essa definição.  
        Segundo a secretária de Saúde de Campo Bom, Suzana Ambros, cada prefeitura é responsável pela coleta das amostras de seus pacientes e o respectivo envio para a central de triagem localizada no segundo andar do Centro Administrativo Municipal. Neste tipo de teste – que segue protocolo do Ministério da Saúde – são coletadas amostras de secreção respiratória dos pacientes suspeitos de estarem infectados. Depois de encaminhados para Campo Bom os exames são triados pela equipe técnica e remetidos à Feevale que prevê entre 24 e 48 horas para liberação dos resultados aos municípios. Por meio da Amvars deverão passar pela Central Regional de Triagem mais de dois mil testes, número correspondente ao total de kits comprados por meio da Amvars.

O prefeito Luciano Orsi explica que essa centralização da triagem visa a agilizar e organizar o processo de envio dos testes à Feevale. “A rapidez do diagnóstico auxilia no tratamento do paciente e também é fundamental para que nós, gestores, adotemos medidas estratégicas em relação à pandemia. De sábado para cá, apenas para o município de Campo Bom, foram coletados 10 testes todos com resultados negativos para  Covid-19.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: