Operação integrada fecha mais duas casas de apostas clandestinas em Novo Hamburgo

Pela segunda noite consecutiva, uma operação integrada da Guarda Municipal (GM), Brigada Militar (BM), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) fechou casas clandestinas de jogos de azar. Os alvos na noite deste sábado, dia 19, foram dois bingos ilegais, localizados no Centro de Novo Hamburgo e no bairro Primavera.

A operação teve início às 20h30 e mobilizou um efetivo de 22 agentes das três forças de segurança. O primeiro estabelecimento fechado operava na Rua Ivoti, no bairro Primavera. No local, um pavilhão sem ventilação, cerca de 20 pessoas apostavam em máquinas eletrônicas.

A segunda casa de jogos clandestina foi fechada por volta das 22h30. O estabelecimento estava localizado num imóvel na Av. Pedro Adams Filho, no centro de Novo Hamburgo. Dez pessoas, a maioria sem máscaras, foram flagradas apostando e identificadas pelas forças de segurança.

Ambos estabelecimentos foram interditados pelo CBM. As instalações permanecerão com o acesso proibido até que seja retirado todo o maquinário utilizado para as apostas ilegais. Como medida preventiva, foi determinada a sua inutilização, por meio da extração das ceduleiras. Ao todo, foram apreendidos R$ 6,3 mil em espécie e 87 máquinas.

Os responsáveis serão enquadrados no Art. 50 da Lei de Contravenções Penais, que trata da exploração de jogos de azar. A pena, em caso de condenação, corresponde a prisão (três meses a um ano), multa e confisco de bens apreendidos.

Eles também responderão administrativamente por descumprimento ao decreto municipal que regulamenta as normas de distanciamento social visando o combate à pandemia de Covid-19. As multas previstas variam de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão. Em caso de reincidência, esses valores dobram.

Ações foram realizadas no Centro e no bairro Primavera
Crédito
Divulgação PMNH

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: